28 de jun de 2009

CONFIRMADO ! Curso na BARRA

Nova turma confirmada.

Começa nesta segunda-feira, dia 29-Junho.
No INSTITUTO BRAMANTE da Barra da Tijuca.

Horário > 18:30h às 22:30h



Ainda dá tempo de se inscrever !
Pelo que me informaram, restam 3 ou 4 vagas.


Acesse o site do Inst. Bramante (aqui)
.

25 de jun de 2009

REVIT vs. SKETCHUP ? Ou não é nada disso ?

Por várias vezes me perguntaram em qual software investir ?
Quando digo investir, não me refiro a dinheiro, mas sim, a tempo.

Apesar de ser um defensor do REVIT, vejo o SKETCHUP como uma ótima ferramenta de estudo e apresentação rápida.

O Sketchup permite a criação rápida de sólidos, representação de texturas e isso é fundamental para quem deseja mostrar uma idéia de forma clara para um cliente.
O problema é que ele não é um software de projeto de arquitetura.

A proposta do Revit é fazer a mesma coisa, com a vantagem de não precisar refazer todo o trabalho.

Podemos começar um projeto pela concepção da forma usando sólidos e depois simplesmente “clicar” nas faces desses sólidos e transformá-las em: Paredes, Pisos e Telhados.
A Autodesk Brasil preparou um vídeo que mostra esse processo de criação, que foi adotado para a elaboração do projeto da nova biblioteca da PUC, no Rio de Janeiro.

Então, qual software devo usar ?
Qual caminho devo seguir ?

Os DOIS !
Um software pode completar o outro.

Um exemplo de ótima utilização do SKETCHUP é na área de decoração de interiores.
O projeto de decoração precisa mostrar muitos objetos, criados especificamente para cada obra e com pequenos detalhes. O sketchup é perfeito para isso.

O Revit é ideal para fazer o projeto na íntegra.
É preciso, é confiável, mostra detalhes apurados dos elementos, é paramétrico, permite extrair dados ( por exemplo para uma tabela de orçamento ), apresentação em escala e nas folhas com informações compatibilizadas.

Resumindo,
Sketchup pode ser um complemento para o REVIT, mas não um substituto.
Usar skecthup para modelar a "CASCA" do projeto é muito válido, mas pense que depois você precisa DOCUMENTAR o projeto e ter que refazer o trabalho é uma perda de tempo.

22 de jun de 2009

Atualizando Turmas em JUNHO e JULHO

Atualizando a agenda de cursos de Revit Básico.


Na Estácio de Sá ( clique aqui )
O Curso Básico aos Sábados, foi adiado para a segunda semana de JULHO.
horário: 08 h às 13 h.
São 30 horas de carga horária.


No Instituto Bramante ( clique aqui )
BARRA: O Curso Básico começa na próxima semana. Quem não se inscreveu, CORRA !
De 29/06 a 06/07
horário: 18:30 h às 22:30 h.
São 24 horas de carga horária.

18 de jun de 2009

Comunidade de usuários Autodesk BRASIL

Vamos aumentar esta rede de usuários BRASILEIROS !



Acesse o site, registre-se e participe dos grupos de discussão, aumente sua rede de contatos, exponha seu projeto.

clique aqui

10 de jun de 2009

Curso de REVIT - Agora em JUNHO

Pessoal,

São três turmas. Duas começando agora em JUNHO e uma em JULHO.

Oportunidade para quem deseja aprender o REVIT com um Arquiteto, especialista em Revit, Certificado pela Autodesk durante vários anos e o melhor de tudo: pagando um valor muito baixo.

Na Estácio de Sá ( clique aqui )
O Curso Básico acontece aos Sábados, de 08 h às 13 h, a partir de 27-JUNHO.
São 30 horas de carga horária.

Em Setembro ou Outubro, será oferecido o Curso AVANÇADO.




No Instituto Bramante ( clique aqui )
O Curso Básico é de SEGUNDA à SEXTA. Sempre à noite, de 18:30 às 22:30.
São 24 horas de carga horária.

Na BARRA, começará no dia 29 de Junho, terminando na segunda-feira dia 06 de Julho.
Em BOTAFOGO, começará no dia 13 de Julho, terminando na segunda-feira dia 20 de Julho.

7 de jun de 2009

Curso Revit - Modificando o TAG

Modificando a informação do TAG ( rótulo / identificação )


Quando queremos mostrar a identificação de um objeto no Revit, por exemplo, códigos, ou medidas, ou descrição de um material, podemos usar o comando TAG ( Design BAR: drafting ).
As vistas de Corte, as Chamada de Detalhe e as Vistas de Elevação também usam identificadores específicos e que podem ser alterados também, mas o procedimento é um pouco diferente do que irei mostrar.


Veja nesta imagem, que a PORTA possui um identificador que corresponde a ordem de inserção. Neste caso, esta é a décima porta inserida no projeto.
Observe ainda que os materiais da parede não foram reconhecidos pelo TAG e por isso mostram um sinal de “ ? “.



Para mudar, clique no TAG.
Vou selecionar primeiro o TAG de PORTA.
Na barra de propriedades aparece um botão : EDIT FAMILY.
Clique nele e confirme a abertura do arquivo.





Agora que estamos no arquivo “M_Door Tag.rfa”, selecione o texto que aparece como "101".
Clique em " EDIT LABEL... "
Selecione a linha 1, onde aparece o parâmetro MARK, e clique em REMOVE.



Em seguida, selecione WIDTH ( largura ) e adicione clicando na seta verde. Insira também o parâmetro HEIGHT ( altura ).
Resumindo, teremos dois parâmetros no mesmo LABEL (atributo).
Finalize esta modificação (ok).

Essas linhas que já estavam desenhadas podem ser modificadas.
Basta selecioná-las e “deletar”.
Desenhe apenas uma linha entre os dois LABELs.



OBS.:
O ideal é salvar este arquivo. Você pode salvar por cima do arquivo original, mas eu recomendo sempre criar uma pasta de trabalho sua, onde você grava todos os arquivos novos que criar no Revit.
Uma sugestão é criar um arquivo TEMPLATE ( .rte ) que contenha todas as configurações que desejar, como por exemplo esta do TAG.




Agora que já temos a nova forma de apresentação do TAG, clique no botão LOAD INTO PROJECTS, que fica na Design Bar.





Confirme a opção de sobrescrever o arquivo, para mudar todos os TAGs, automaticamente.

Repita o procedimento para os demais TAGs que você desejar modificar.

No caso do TAG de material, modifiquei o LABEL para mostrar o NOME do material e não a DESCRIÇÃO, como mostra a imagem.